É difícil pensar em vinhos chilenos e não vir à mente Cabernet Sauvignon! Considerada por muitos como a “a rainha das uvas”, é um das castas mais populares do mundo. Essa variedade encontrou um terroir perfeito aos pés da Cordilheira dos Andes. Se você é apaixonado pelos Cabernets Chilenos como nós, da DiVinho, precisa conferir esse artigo que preparamos para você:

Chile

O Chile é um dos maiores produtores de vinhos do mundo! O país é responsável por quase 50% das importações brasileiras da bebida. Não é a toa que o turismo enológico vem ganhando cada vez mais adeptos entre os visitantes que passam pelo Chile.

A história do cultivo da uva no Chile remonta ao ano de 1548 pelas mãos do Frei Francisco de Carabantes. Durante o século XIX foram introduzidas as principais variedades francesas: Cabernet Sauvignon, Merlot, Carménère, Pinot Noir, Sauvignon Blanc, Chardonnay e Sémillon.

A geografia chilena é bastante peculiar, o país é praticamente isolado do restante do continente, com a Cordilheira dos Andes de um lado e o Pacífico do outro. O deserto ao norte e a Patagônia ao sul.

É possível encontrar no Chile terroirs surpreendentemente distintos, dando origem a vinhos com personalidade própria e nos mais variados estilos.

Vale destacar entre as principais regiões produtoras Elqui e Limarí ao extremo norte, passando pelos vales de Aconcágua, Casablanca, San Antonio, Maipo, Cachapoal, Colchagua, Curicó e Maule e chegando a Itata, Bío Bío e Malleco ao sul.

Cabernet Sauvignon

Cabernet Sauvignon é uma das variedades mais populares do mundo. É a uva tinta predileta de muitos produtores e enólogos. Apresenta a grande vantagem de adaptar-se facilmente a diversos terrois e condições climáticas.

Um dos grandes diferenciais da Cabernet Sauvignon é a sua casca, ela é mais grossa e rica em taninos. Para amenizar esse caráter tânico, a uva é normalmente cultivada no processo de colheita tardia, onde os frutos são mantidos na videira e colhidos após o período normal de maturação.

A uva é originária da região francesa de Bordeaux, sendo um cruzamento  natural das variedades Cabernet Franc e Sauvignon Blanc.  Estima-se que a Cabernet Sauvignon tenha surgido na primeira metade do século XVIII.

Os aromas mais típicos da Cabernet Sauvignon são os de pimentão verde e toques herbáceos. Também pode apresentar notas de frutas vermelhas e pretas, pimenta preta, menta, cedro, alcaçuz e toques de violeta. Quando o vinho é envelhecido em carvalho, surgem também nuances de baunilha, café e tabaco.

Recomendações da DiVinho

Bons e Baratos

Os Favoritos

Rótulos de Renome


Você encontra os melhores Vinhos Chilenos na DiVinho! Surpreenda-se com nossa variedade e adquira os melhores rótulos pelo melhor preço!