3x*
Compras acima de R$ 300 Parcelamos em até 3x!
*Cartão de crédito

AUSTRÁLIA

AUSTRÁLIA

Austrália

Apresentação

Para quem não sabe, a Austrália foi responsável por chacoalhar o mundo do vinho moderno, ameaçando regiões clássicas com seus tintos frutadíssimos, saborosos e potentes, feitos para a exportação. O país investiu pesado em conhecimento e tecnologia e revolucionou as técnicas de viticultura e vinificação, também traçou um plano ambicioso de crescimento do seu setor vitivinícola e, atualmente, é o 6º  país produtor e o 5º exportador de vinhos do planeta. Para nós, sua presença não é tão forte – fica em 10º lugar entre os países fornecedores de vinhos para o Brasil. Mas quem acompanha a cena dos tintos e brancos, sabe que as uvas Shiraz (como a Syrah é chamada no país), Cabernet Sauvignon e Grenache originam vinhos de alto nível na Austrália, daqueles que se deve experimentar, pelo menos, uma vez na vida. Também há brancos distintos, elaborados com Chardonnay, Sémillon e Riesling, e doces à base de Muscadelle e Muscat Blanc à Petits Grains.

 

Foco em vinhos intensos e macios

A história vitivinícola australiana é uma das mais recentes do Novo Mundo. Os primeiros vinhedos foram plantados no século XVIII com cepas europeias vindas da África do Sul. Os vinhos australianos produzidos ao longo do século XIX tinham um mercado certo: o sedento consumidor britânico – afinal, a Austrália era colônia da Grã-Bretanha.

 

Até meados do século XX, os vinhos australianos eram tidos como bons e baratos, mas também fazia sucesso o fortificado, estilo Porto. Foi na década de 1960 que os produtores locais voltaram a atenção para a produção de tintos e brancos de alta qualidade, intensos, macios e saborosos, que imediatamente caíram no gosto do consumidor moderno. Hoje, os exemplares australianos são reconhecidos pela riqueza de aromas e sabores e pelo caráter distinto.

 

Principais regiões

O estado da Austrália do Sul, que abriga importantes regiões, como Riverland, Vale Barossa, Vale Clare, Vale Eden e Coonawarra, concentra a maior parte dos vinhedos. Victoria e Nova Gales do Sul são também importantes centros vitivinícolas.

 

O que há de melhor para você garimpar

* Tintos Shiraz, Cabernet Sauvignon e Grenache.

* Tintos de corte.

* Brancos Chardonnay e Sémillon.

Regiões da Austrália:

Produtos do país