Rías Baixas

Rías Baixas

Rías Baixas / Espanha

Apresentação

O mundo do vinho tem suas surpresas, como esta região chuvosa, no noroeste da Espanha, à beira do Atlântico, que é endereço de um dos brancos mais sedutores da face da Terra: o delicado Albariño  

 Rías Baixas é uma Denominação de Origem situada na Galícia — é, praticamente, uma extensão da região dos Vinhos Verdes, de Portugal. O que delimita a fronteira entre as duas é o Rio Minho. Tanto que de um lado e de outro brilha a mesma variedade de uva: Albariño ou Alvarinho, como essa cepa é chamada, respectivamente, na Espanha e em Portugal.

Albariño ocupa, simplesmente, 96% dos vinhedos de Rías Baixas, e claro que esta é uma região totalmente dedicada aos vinhos brancos. Eles correspondem a 99% da produção! Outra uvas que fazem companhia à Albariño são as brancas Treixadura e Loureiro, além de Caiño BlancoTorrontés e Godello.

A vizinhança com o Atlântico faz toda a diferença no estilo dos vinhos de Rías Baixas, que têm a elegância, vigor e salinidade como marcas registradas. As brisas marítimas sopram nos vinhedos, o que é ótimo, pois isso espanta fungos e doenças que podem comprometer a safra. Por ser uma zona úmida, a característica dos vinhedos também é muito particular. As videiras atingem alturas maiores do que em outras regiões, justamente para permitir que o vento circule, diminuindo assim o risco de podridão das uvas.

Apesar de ancestral – a Galícia produz vinhos desde o tempo dos romanos –, este cantinho ibérico foi descoberto pelos enófilos há poucas décadas. Até os anos 1990, os vinhos de Rías Baixas eram consumidos localmente, sem grande alarde internacional. Com a melhoria das técnicas de plantio e vinificação e produtores voltados para o mercado externo, os brancos Albariño entraram no mapa-múndi do vinho. Que sorte a nossa!

Produtos da região de rías baixas