Dão

Dão

Dão / Portugal

Apresentação

Os vinhos da região do Dão são conhecidos pela elegância suprema. A região também tem o mérito de ter sido o berço de uma das mais cobiçadas variedades de uva portuguesa: a Touriga Nacional.

 

Esqueça os vinhos rústicos e baratos do Dão que disputavam nossas prateleiras até o final do século XX. Embora existam ainda vinhos comerciais vindos de lá, seus elegantes tintos e brancos – e espumantes também! –  passaram a ter lugar de destaque entre nós. O Dão é internacionalmente conhecido por ser uma região capaz de produzir vinhos muito elegantes e longevos, daqueles que podem envelhecer lindamente por anos e anos.

Mérito das particularidades de seu terroir, que é protegido por montanhas. Há cerca de 20.000 hectares de vinhedos plantados, principalmente, em encostas entre 400 e 500 metros de altitude.  Os solos são de origem granítica e de textura predominantemente arenosa, mas há também solos de xisto e argila. Já o clima é temperado.

No mundo das castas, uma curiosidade é que a Touriga Nacional, tida como a rainha das uvas tintas portuguesas, nasceu no Dão. Mas ela divide o terreno com outras variedades muito típicas, como Alfrocheiro, Alvarelhão, Aragonez, Bastardo, Jaen, Rufete, Tinto Cão e Trincadeira. Nas brancas, brilham: Bical, Cerceal, Encruzado, Malvasia Fina, Rabo de Ovelha e Verdelho.

Produtos da região de dão