Entrevista com José Miguel Jorquera da Tabalí

Imagem post

Tabalí é uma das mais renomadas vinícolas do Chile. José Miguel Jorquera, Diretor Comercial da Tabalí, concedeu uma entrevista exclusiva para a DiVinho, falando da filosofia de produzir vinhos singulares que refletem terroir singulares, da região vitivinícola do Vale do Limarí, das linhas Pedregoso e Talinay e do vinho ícone da vinícola, Payen, confira:

Tabalí é uma das mais renomadas vinícolas do Vale de Limarí, conte um pouco de sua história.

Tabalí é uma vinícola familiar, fundada por Guillermo Luksic e que hoje é comandada por seu filho Nicolás. A filosofia da Tabalí é fazer vinhos singulares de um terroir bastante singular. Os principais vinhedos estão no Vale do Limarí, que é uma região bastante seca no Chile.

Nós temos vinhedos em três diferentes terroirs no Vale do Limarí. O primeiro, Talinay, está localizado a cerca de dez quilômetros do mar e tem muita influência do oceano e da camanchaca, um tipo de neblina característica da costa chilena.

Na região costal do Vale do Limarí temos o vinhedo que leva o nome da vinícola, Tabalí, e o vinhedo Espinal. E temos também um vinhedo de altas altitudes, Río Hurtado, localizado a mil e seiscentos metros de altitude, onde fazemos o nosso vinho ícone, Roca Madre 100% Malbec e um Viognier chamado Barranco.

Outro grande segredo do Vale do Limarí e dos nossos vinhedos é a composição do solo. O solo é calcário. Um tipo de solo que não é comumente encontrado no Chile e que entrega a mineralidade e elegância que temos em nossos vinhos, proporcionando uma harmonização muito gastronômica e que reflete perfeitamente esse terroir.

Guillermo e Nicolás Luksic
Guillermo e Nicolás Luksic

A vinícola é a única a ter vinhedos do oceano às montanhas no Vale de Limarí. Quais os desafios que esses diferentes terroirs trazem para a produção dos vinhos?

Nossos vinhedos atravessam completamente o Vale do Limarí, da costa à montanha. A principal característica dos vinhedos próximos à costa é a influência marítima, amplitude térmica e o solo calcário.

O terroir que temos em Río Hurtado, o vinhedo localizado a mil e seiscentos metros de altitude, conta com um solo completamente diferente, de rocha vulcânica. Proporcionando, assim, um maior frescor e amplitude aos vinhos.

Vinhedos Río Hurtado
Vinhedos Río Hurtado

A filosofia da vinícola é produzir vinhos excepcionais que refletem terroirs singulares.  Como essa filosofia é aplicada na prática?

Dentro dessa singularidade que temos em nossos terroirs, temos também uma cumplicidade muito forte no momento de preparar a colheita das uvas. Pois dentro do solo de calcário, existem compostos químicos que podem ser disruptivos para a compreensão da uva.

Então, quando compreendemos a quantidade necessária de água, a forma de realizar a fermentação, é quando sabemos que o nosso trabalho e de nosso enólogo chefe está sendo bem feito.  Conseguimos estabilizar tanto a uva, quanto o terroir, resultando em um vinho da qualidade que temos hoje.

Somos a vinícola mais premiada do Guia Descorchados deste ano. Figurando também entre as 100 Melhores Vinícolas do Mundo, sendo que apenas quatro são do Novo Mundo e duas do Chile, nós e Viña Concha y Toro.

Adega
Adega

A adega foi concebida para integrar-se ao seu entorno. Como foi o desenvolvimento do projeto e sua construção?

Nossa adega foi construída para gerar o mínimo de impacto ao ambiente natural. Está localizada no meio de uma quebrada, que aponta diretamente para  o oceano. Uma grande característica da região é que temos muito vento. Por conta disso, o teto da adega é ondulado.

Outro ponto importante é que toda estrutura de aço inox que nós utilizamos está ao ar livre, embaixo do teto. Somente a sala das barricas fica sob temperatura controlada e no escuro.

A adega foi feita para respeitar o ambiente natural e não ser disruptiva. Porque nós respeitamos o entorno e é esse entorno que está representado em nosso logo. Uma máscara feita em um petróglifos dos habitantes indígenas da região. Nós encontramos essa máscara esculpida na pedra e registramos como símbolo da Tabalí.

Petróglifo
Petróglifo

Pedregoso é uma das linhas mais populares da Tabalí, qual o seu segredo?

Pedregoso é nossa linha de entrada. Uma gama Gran Reserva que estagia de dez a doze meses em carvalho. Uma linha de bastante sucesso, pelo seu preço e qualidade. Conseguimos refletir tanto o terroir, quanto a uva, em uma garrafa do Gran Reserva.

A ideia da Pedrogoso e de nossas outras linhas, como Vetas Blancas, Talud e Talinay, é refletir o que temos em nosso terroir. Que é bastante seco e tem muitas pedras, daí vem o nome Pedregoso.

Vinhedos Talinay
Vinhedos Talinay

Fale um pouco da linha Talinay.

A linha Talinay é feita 100% com uvas do vinhedo Talinay, que está localizado a cerca de dez quilômetros do mar. Temos um Sauvignon Blanc, um Pinot Noir e um Chardonnay que são realmente muitos expressivos do seu terroir.

O Sauvignon Blanc você percebe na boca a mineralidade. É muito diferente de qualquer outro Sauvignon Blanc, não demonstrando as notas tradicionais e esperadas dessa cepa.

O Sauvignon Blanc conquistou 96 pontos do Guia Descorchados.  O Pinot Noir 2005 recebeu 95 pontos na classificação de Robert Parker. Talinay é realmente uma linha que nos dá muito orgulho.

Sala das Barricas
Sala das Barricas

Payen é um dos rótulos mais premiados da vinícola.

Para produzir o vinho Payen o que buscamos é encontrar a uva correta, sendo 90% Syrah. E essa uva é a que temos mais cuidado, cultivando nas melhores parcelas dos vinhedos.

Payen estagia dezoito meses em carvalho, por conta disso, a uva tem qde ser suficientemente resistente para ficar em contato tanto tempo com o carvalho e ainda manter seu frescor e caráter frutado. O carvalho é o companheiro, nunca o personagem principal. Para nós essa é a mistura perfeita.

Vinhedos Espinal
Vinhedos Espinal

Quais vinhos Tabalí você recomenda para os brasileiros?

Dois vinhos imperdíveis para os brasileiros são o Sauvignon Blanc e o Chardonnay do Vale do Limarí. Vão entregar uma qualidade e uma mineralidade muito diferenciadas e surpreendentes.

Depois, nossos Syrahs, que, na minha opinião, estão entre os melhores produzidos no Chile. E, finalmente, dois expoentes clássicos do Chile, Carménère e Cabernet Sauvignon.

Nós temos um vinhedo próprio no Vale do Maipo para fazer o Cabernet Sauvignon, onde produzimos Pedregoso Cabernet Sauvignon e Talud Cabernet Sauvignon.

Carménère é de um vinhedo que temos um contrato de longo prazo no Vale do Cachapoal, na comuna de Peumo. Produzimos Pedregoso Carménère e Micas Carménère.

 

Você encontra os melhores vinhos da Tabalí na DiVinho! Surpreenda-se com nossa variedade e adquira os melhores rótulos pelo melhor preço!

0 comentários
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *