Vinho branco Rutini Chardonnay 2017

Vinho branco Rutini Chardonnay 2017

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars Loading...

Este cremoso vinho branco de Chardonnay, com estágio em barricas francesas, combina notas de frutas tropicais, como abacaxi, maracujá e banana, e tem nuances bem integradas da madeira. Na boca, o vinho branco Rutini Chardonnay é amanteigado com toques de avelã, mostrando muita elegância e personalidade.

País: Argentina
Região: Mendoza
Produtor: Rutini Wines
Uva: Chardonnay
Tipo: Branco
Teor alcoólico: 13,9%
Volume da garrafa: 750ml
Temperatura de serviço: 8 a 10°C


Mendoza
Mendoza

Vinificação

As uvas Chardonnay são colhidas em vinhedos de altitude, em Gualtallary e Altamira. A vinificação é tradicional e o vinho matura durante nove meses em barricas de carvalho francês novas e usadas.

Harmonização

Frutos do mar e com peixes, como salmão, atum e truta. Também é uma boa opção para acompanhar aves grelhadas, presunto cru e queijos de média cura.

Sobre a vinícola

A Rutini Wines é uma das maiores e mais tradicionais vinícolas argentinas. Sua “semente” foi plantada em 1885, quando o imigrante italiano Felipe Rutini fundou a Bodega La Rural, em Coquimbito-Maipú. Em 1925, surgiram os primeiros vinhedos do produtor no Vale do Uco, numa época em que a região não era tão explorada como é hoje. Na década de 1990, as instalações da vinícola foram totalmente renovadas e equipadas com tecnologia de ponta. Em 2008, a empresa começou a construção de uma nova vinícola, a Rutini Wines, em Tupungato – é este moderno edifício, que ostenta 2.000 barricas de carvalho nas caves, que dá origem às linhas mais famosas da casa: Felipe Rutini, Antología, Apartado, Colección Rutini, Encuentro e Trumpeter. No total, a Rutini possui 400 hectares de vinhedos em Mendoza, elaborando cerca de 15 milhões de garrafas de vinho anualmente. Quem gere toda a produção desde 1993 é o renomado enólogo Mariano di Paola que, apesar do volume gigantesco, é capaz de elaborar vinhos com um cuidado de artesão, posicionando-os na elite do vinho argentino – e mundial!