Vinho Tinto Castello Banfi Rosso di Montalcino 2016

Vinho Tinto Castello Banfi Rosso di Montalcino 2016

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars Loading...

O vinho tinto Castello Banfi Rosso di Montalcino é um exemplar que transmite a identidade do seu produtor, mostrando complexidade e elegância ao mesmo tempo. Pode ser apreciado assim que é lançado no mercado, mas tem potencial para envelhecer por anos na garrafa. No nariz, mescla aromas de frutas vermelhas e pretas, como ameixas e cerejas, além de notas de especiarias e toques defumados e florais. Tem corpo médio, taninos maduros, boa acidez e um final de boca redondo, marcado por frutas maduras e especiarias.

Pontuação: 90 pontos James Suckling
País: Itália
Região: Toscana
Produtor: Castello Banfi
Uva: Sangiovese
Tipo: Tinto
Teor alcoólico: 13,5%
Volume da garrafa: 750 ML
Temperatura de serviço: 16°C a 18°C


Toscana
Toscana

Vinificação

As uvas Sangiovese passam por uma cuidadosa seleção. A vinificação acontece tanto em tanques de aço inoxidável como em cubas de madeira com controle de temperatura. No final, o vinho matura em barricas de carvalho e também em grandes cubas de carvalho durante 12 meses. Depois do engarrafamento, permanece por 6 meses afinando na garrafa, antes do lançamento no mercado.

Harmonização

Carnes vermelhas grelhadas e assadas, caça com molhos elaborados, embutidos e queijos de média maturação.

Sobre a vinícola

Castello Banfi é uma das propriedades mais importantes da Toscana na atualidade, tendo exercido um papel fundamental no renascimento da região de Montalcino e na projeção internacional dos vinhos ali produzidos. Não à toa, acumula premiações de peso, já conquistou o título “Vinícola do Ano” pela Wine Enthusiast e Wine & Spirit. É também muito bem recomendada por Robert Parker e Wine Spectator. A vinícola foi fundada em 1978 por dois irmãos ítalo-americanos, John e Harry Mariani, que com a consultoria do enólogo Ezio Rivella colocaram a Castello Banfi na elite do vinho italiano. Recentemente, os irmãos Mariani adquiriram a vinícola Bruzzone, propriedade histórica do Piemonte especializada em espumantes, e também expandiram sua atuação para as nobres áreas de Bolgheri e Chianti Clássico.