Vinho Tinto De Martino Cabernet Sauvignon Reserva 347 Vineyards 2017

Vinho Tinto De Martino Cabernet Sauvignon Reserva 347 Vineyards 2017

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars Loading...

Rubi intenso e luminoso. Grande profusão de frutas negras, especiarias doces e torrefação. Em boca, perfeito equilíbrio entre a tanicidade, o álcool e acidez. Com bom volume e ótima persistência.

País: CHILE Chile
Região: Vale do Maipo
Produtor: De Martino
Tipo: Tinto
Teor alcoolico: 13%
Tamanho da garrafa: 750 ml
Temperatura de serviço: 16 a 18ºC


Em até 3x de R$29,17 s/ juros

Vale do Maipo
Vale do Maipo

Vinificação

A colheita foi feita de forma manual, com as uvas em ótima condição de maturidade e sanidade, e com um grande equilíbrio entre o açúcar (consequentemente o álcool) e a acidez.Seleção criteriosa dos melhores grãos com posterior desengace e esmagamento. Maceração pré-fermentativa à 9ºC. A fermentação se fez em tanques de aço inox a 26-28°C seguida de maceração pós-fermentativa. Uma parte do vinho (40%) foi amadurecida em barricas e o restante mantido em inox.

Harmonização

Carnes na parrilla; Medalhões de cordeiro ao alecrim e risotto parmigiano; Chouriço com purê de batatas.

Sobre a vinícola

Fundada, em 1934, no Vale do Maipo, pelo imigrante italiano Pietro De Martino, a vinícola De Martino vem se dedicando, ao longo de décadas, a elaborar vinhos nas mais diversas regiões vitivinícolas do Chile, de norte a sul, leste a oeste. Seu portfólio é formado por vinhos tintos, brancos e rosés das denominações Maipo, Casablanca, Limarí, Cachapoal, Maule, Elqui e Choapa, além de exibir projetos especiais no Vale de Itata. A linha mestra da enologia da De Martino é respeitar a característica individual de cada terroir. Para isso, conta com 347 vinhedos, que são cultivados segundo os princípios da agricultura orgânica, sem o uso de substâncias químicas e sintéticas. A vinificação também é a mais natural possível, sempre com leveduras indígenas. Já o envelhecimento dos vinhos é realizado em cubas de aço inoxidável, de concreto ou em barricas usadas. Atualmente, a empresa é gerida pela quarta geração da família e conta com grandes nomes da enologia chilena: Marcelo Retamal e Eduardo Jordán, que lideram projetos arrojados.