A Alheira de Mirandela é uma iguaria tradicional portuguesa, fazendo parte das 7 Maravilhas Gastronômicas do país.

Mas não é só isso, o prato conta com uma história muito interessante, que remonta à época da Inquisição Espanhola e da perseguição dos judeus em Portugal.

Descubra, nesse artigo da DiVinho, a história da Alheira de Mirandela, como prepará-la e a melhor maneira de harmonizá-la com vinho! 

Alheira de Mirandela – O Que é?

A Alheira é um prato típico de Portugal, um embutido de carne, tradicionalmente de aves e porco, temperado com alho e especiarias, como páprica e pimenta.

A iguaria é consumida grelhada ou frita, na companhia de batatas fritas ou cozidas e legumes.

Existem variações da receita da Alheira do país, como Alheira de Barroso-Montalegre, Alheira de Vinhais e Alheira de Mirandela.

A Alheira de Mirandela é a mais conhecida, fazendo parte da lista das 7 Maravilhas Gastronômicas de Portugal, que também incluiu o tradicional Leitão da Bairrada.

Desde 2016, a Alheira de Mirandela conta com a classificação de IGP (Indicação Geográfica Protegida), podendo ser produzida somente dentro do concelho de Mirandela, com os porcos da raça Bísaro. 

Mirandela
Mirandela

Qual é a Origem da Alheira de Mirandela?

Não se sabe ao certo qual é a origem da Alheira, mas esse prato está ligado a um período conturbado da história de Portugal, o século XV e a chegada da Inquisição Espanhola ao país.

Tudo começou em 1492, quando a Rainha Isabel de Castela e seu marido, Fernando de Aragão, invadiram o Palácio da Alhambra, marcando o fim do domínio mulcumano na Península Ibérica.

Rainha Isabel de Castela
Rainha Isabel de Castela

Católicos fervorosos, Isabel e Fernando passaram a perseguir os judeus da Espanha, forçando-as a converter-se ao cristianismo, através da criação da Inquisição Espanhola.

Milhares de judeus espanhóis fugiram para Portugal, o país vizinho, mas não demorou muito tempo para que os judeus portugueses também começassem a ser perseguidos também.

Os judeus, tentando fugir das garras da Inquisição, tentavam passar-se como cristãos, escrevendo e hebreu e simulando os cultos e rituais católicos.

Na região de Trás-os-Montes, no norte de Portugal, os judeus foram ainda mais criativos, preparando uma versão da Alheira, apenas com frango e pão adormecido, a Alheira de Mirandela.

Trás-os-Montes
Trás-os-Montes

Isso porque a religião judaica proíbe o consumo de carne de porco, e essa era uma das formas que Inquisição usada para identificar os judeus.

Com o passar do tempo, a Alheira de Mirandela caiu no gosto dos cristãos, que reintroduziram a carne de porco na receita.

Como Preparar a Alheira de Mirandela?

Ingredientes 

  • 500 gramas de pernil de porco
  • 500 gramas de peito de frango
  • 500 gramas de pão amanhecido
  • 2 metros de tripa suína ou bovina
  • 5 dentes de alho
  • 1 cebola
  • 1 colher de sopa de páprica picante
  • 1 colher de sopa de pimenta-do-reino
  • 1 colher de sopa de pimenta-calabresa
  • 2 colheres de sopa de sal
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • salsinha a gosto
  • cebolinha a gosto
  • barbante culinário

Modo de Preparo

Hidrate a tripa suína ou bovina, deixando de molho na água por cerca de quinze minutos, para retirar o excesso de sal. Reserve. 

Pique a cebola, corte o pernil de porco e o peito de frango em pedaços pequenos.

Em uma panela grande, aqueça uma colher de sopa do azeite de oliva e doure a cebola.. Acrescente os pedaços de pernil de porco e de peito de frango, fritando até dourar. 

Acrescente água até cobrir totalmente as carnes. Tempere com o sal, a páprica, a pimenta-do-reino e a pimenta-calabresa. Cozinhe, em fogo médio, por cerca de duas horas, ou até que as carnes estejam desmanchando.

Escorra as carnes, reservando uma xícara da água de cozimento. Desfie as carnes com ajuda de um garfo e reserve.

Corte o pão amanhecido em fatias finas. Em uma tigela, coloque as fatias de pão e acrescente a água de cozimento das carnes, misturando até obter uma massa mole.

Retire a casca e pique o alho em pedaços. Em uma frigideira, aqueça o restante do azeite de oliva e doure o alho, acrescentando a salsinha e a cebolinha picadas.

Em uma travessa grande, misture as carnes desfiadas, a massa de pão e o alho dourado com salsinha e cebolinha. Misture até obter uma massa uniforme.

Corte as tripas hidratadas em segmentos de quinze centímetros, amarrando uma das pontas com o barbante culinário.

Preencha a tripa com a massa de carnes e pão, dando um nó firme na outra ponta com o barbante

Dobre a Alheira ao meio, amarrando as duas pontas juntas, formando um espécie de ferradura, em formato de U.

A Alheira deve ser defumada em uma churrasqueira, com brasa baixa e pouco calor, durante uma noite inteira.

Depois de defumada a Alheira de Mirandela está pronta, podendo ser consumida frita ou grelhada.

Alheira de Mirandela
Alheira de Mirandela

Como Harmonizar a Alheira de Mirandela?

Para harmonizar com a Alheira de Mirandela a melhor opção são os vinhos tintos, que contam com boa acidez, para suavizar a gordura do prato e valorizar o alho e as especiarias.

Recomendamos os vinhos tintos do Douro, região de Portugal que produz alguns dos melhores vinhos do país, e que faz fronteira com Trás-os-Montes

Recomendação da DiVinho – Melhores Tintos do Douro

Bons e Baratos

Os Favoritos

Rótulos de Renome

Portugal
WE
95
Portugal
DeR$ 849,00Por
R$ 799,00
Comprar
Portugal
WS
96
Portugal
DeR$ 1.322,00Por
R$ 1.198,00
Comprar

E você, já conhecia a Alheira de Mirandela?