Quando se fala em vinhos franceses, o termo Grand Cru é tido como um selo de qualidade, sendo reservado aos melhores rótulos do país.

Mas, você sabe o que é um Grand Cru?

Descubra, nesse artigo da DiVinho, o que significa o termo Grand Cru e como ele difere nas regiões de Bordeaux e da Borgonha!

O Que é Grand Cru?

Grand Cru é um termo francês, que não tem uma tradução direta para o portugues, utilizado para classificar os vinhos de grande qualidade da França, nas regiões de Bordeaux e da Borgonha.

O termo Grand Cru já era utilizado na época do Império Romano, sendo adotado na Borgonha durante a Idade Média. 

Entretanto, a primeira classificação oficial aconteceu somente em 1855, realizada a pedido de  Napoleão III, para a Exposição Universal de Paris daquele mesmo ano.

A classificação abrangeu 61 vinhos da margem esquerda de Bordeaux, nas regiões do Médoc, Sauternes e Barsac, divididos em cinco categorias: Premiers, Deuxièmes, Troisièmes, Quatrièmes e Cinquièmes Crus Classés.

O Château Haut-Brion foi a única exceção dessa lista, sendo oriundo da região de Graves, também na margem esquerda de Bordeaux.

Alguns anos mais tarde, em 1861, foi realizada a classificação dos vinhos da Borgonha. 

Já no século XX, foram realizadas mais três classificações, vinhos da margem direita de Bordeaux, na região de St. Emilion, em 1955; de Champagne, em 1950; e da Alsácia, em 1975.

Tanto Bordeaux quanto a Borgonha fazem uso do termo Grand Cru, entretanto, seu significado é diferente em cada uma das regiões e é isso que vamos abordar a seguir. 

Premiers Grand Cru Classé de Bordeaux
Premiers Grand Cru Classé de Bordeaux

Grand Cru Classé de Bordeaux

Em Bordeaux, o termo Grand Cru refere-se à propriedade, conhecida como Château, e não aos vinhedos.

Ou seja, um Château pode plantar novos vinhedos dentro da propriedade e esses, automaticamente, serão classificados como Grand Cru Classé.

Entretanto, se um Château vende seus vinhedos para outra propriedade, essa propriedade não receberá os status de Grand Cru Classé, já que a classificação é relacionada ao negócio e não a terra propriamente dita.

Por conta disso, a classificação de 1855 continua em vigência até hoje na margem esquerda de Bordeaux, não podendo ser atualizada. 

A única exceção foi o Château Mouton-Rothschild, que foi elevado de Deuxième Cru Classé para Premier Cru Classé em 1973, por um decreto oficial do presidente francês Charles de Gaulle. 

Já a classificação da margem direita de Bordeaux é diferente, sendo revisada a cada dez anos. 

Bordeaux
Bordeaux

Recomendações da DiVinhos – Grand Cru de Bordeaux

Ótimo Custo-benefício

Os Favoritos

Rótulos de Renome

Os Ícones

Grand Cru da Borgonha

Na Borgonha, o termo Grand Cru é utilizado para se referir aos vinhedos e não à propriedade, conhecida como Domaine.

Um mesmo vinhedo Grand Cru pode ser compartilhado por vários Domaines diferentes.

Na classificação da Borgonha os vinhos são divididos em quatros níveis, Grand Cru, Premier Cru, Village e Régionale.

Se em Bordeaux, os Premiers Cru Classé representam o nível máximo, na Borgonha é o oposto, com os Grand Cru no topo da pirâmide. 

Não é à toa que esse assunto gera confusão!

Borgonha
Borgonha

Recomendações da DiVinho – Grand Cru da Borgonha


E você, prefere os Grand Cru de Bordeaux ou da Borgonha?