Vai receber amigos em casa e não sabe o que servir? Aposte em uma tábua de frios!

A DiVinho preparou esse artigo ensinando como montar uma tábua de frios e como harmonizá-la com vinhos, não deixe de conferir! 

Como Montar a Tábua de Frios?

A tábua de frios é uma excelente opção de prato para recepcionar os convidados em casa, demonstrando suas habilidades como um bom anfitrião.

Com uma grande variedade de ingredientes, que vão desde opções salgadas, como carnes curadas, queijos e conservas, até iguarias doces, como frutas e geleias, a tábua de frios agrada diversos paladares. 

Para que nenhum convidado fique passando vontade, existe uma fórmula fácil para calcular as quantidades de cada ingrediente. 

Para cada pessoa, separe cerca de 100 gramas de carnes curadas e embutidos, 100 gramas de queijos, 100 gramas de pães e 100 gramas distribuídos entre o restante dos ingredientes, como oleaginosas, frutas, conservas, patês e geleias.

Agora que você já sabe quais são as quantidades ideias para cada convidado é hora de aprender como montar uma tábua de frios perfeita! 

Tábua de Frios
Tábua de Frios

1 – Carnes Curadas e Embutidos

Vamos começar pelas carnes curadas e pelos embutidos, que são as verdadeiras estrelas de uma tábua de frios. 

Não economize nesses ingredientes, o ideal é oferecer uma grande variedade de opções para seus convidados. 

Inclua carnes curadas, como presunto cru, pastrami e coppa, e embutidos, como presunto cozido, salame, mortadela, peito de peru e lombo defumado.

Faça pequenos rolinhos com as carnes curadas e os embutidos para facilitar o seu consumo.

Carnes Curadas
Carnes Curadas

2 – Queijos

Após as carnes curadas e os embutidos, é hora de pensar nos queijos. 

Uma boa tábua de frios deve contar com três a cinco diferentes tipos de queijos. 

Procure incluir um queijo de cada tipo, entre queijos frescos, como queijo de cabra e mussarela de búfala, queijos azuis, como Gorgonzola e Roquefort, queijos amarelos, como Provolone e Gouda, queijos macios, como Brie e Camembert, queijos semiduros, como Gruyère e Emmental, e queijos duros, como Parmesão e Pecorino.

Corte os queijos em pequenos cubos ou pedaços, de forma que os convidados possam se servir de forma fácil. 

Dica DiVinho: Nós temos um artigo completo sobre como harmonizar queijos e vinhos!

Queijos
Queijos

3 – Pães

O pão é um elemento essencial na tábua de frios, além de auxiliar no consumo dos outros ingredientes, como patês e geleias,  também age equilibrado o paladar entre itens de sabor mais intenso, como as carnes curadas e os queijos duros e semiduros.

Ofereça mais de um tipo de pão, como o pão francês, o pão integral e o pão italiano, completando com torradinhas e bolachas de água e sal.

Se quiser montar uma tábua de frios ainda mais completa e sofisticada, invista em baguetes e focaccias.

Para facilitar o consumo, sirva os pães já cortados em fatias finas. 

Pães
Pães

4 – Castanhas e Nozes

As oleaginosas, categoria de alimentos que inclui as nozes e castanhas, são muito saborosas, oferecendo um elemento crocante à tábua de frios.

Aqui você pode escolher entre várias opções, como noz, pistache, avelã, macadâmia, amêndoa, castanha-de-caju e castanha-do-Pará.

Para deixar sua tábua de frios ainda mais bonita, distribua as castanhas e nozes de forma irregular e orgânica entre os outros ingredientes. 

Castanhas e Nozes
Castanhas e Nozes

5 – Frutas

As frutas são um outro importante elemento na tábua de frios, oferecendo um contraponto adocicado aos sabores fortes das carnes curadas e dos queijos.

Procure fazer uma seleção que inclua frutas in natura, como morango, uva, maçã, figo e pêssego, e frutas secas, como tâmara, damasco e uva-passa.

Frutas menores, como o morango e as uvas podem ser colocadas inteiras na tábua de frios, já as frutas maiores, como a maçã e o pêssego, devem ser cortadas em cubos ou pedaços pequenos. 

Frutas
Frutas

6 – Conservas

Quer deixar sua tábua de frios ainda mais completa? Invista nas conservas! 

Na categorias das conversas entram ovos de codorna, palmito, azeitona e pepino, entre outros.

Forneça palitos de coquetel para que seus convidados possam se servir das conservas de forma mais confortável. 

Conservas
Conservas

7 – Patês e Geleias

Por fim, os últimos ingredientes da tábua de frios são os patês e geleias, sendo ideais para serem passados no pão ou consumidos com torradinhas.

Nesta categoria existem uma infinidade de opções. Os patês mais tradicionais são os de atum, presunto, cebola, azeitona e ervas finas.

Já entre as geleias, existem desde as doces, como de morango, abacaxi, frutas vermelhas, manga e damasco, até as picantes, como a de pimenta.

Acondicione os patês e geleias em pequenos ramequins de cerâmica, acompanhados de espátulas ou pequenas colheres. 

Geleias
Geleias

Como Harmonizar a Tábua de Frios? 

Por contar com uma grande variedade de ingredientes, tanto salgados, quanto doces, a tábua de frios é um prato versátil, combinando com vários tipos de vinhos, como tintos, brancos e fortificados.

Harmonizando a Tábua de Frios com Vinho Tinto

O vinho tinto é um verdadeiro clássico e ele não poderia ficar de fora da harmonização com a tábua de frios.

Opte por vinhos tintos de corpo médio, com aromas frutados e boa acidez, como os elaborados com as uvas Cabernet Sauvignon e Merlot.

Harmonizando a Tábua de Frios com Vinho Fortificado

Os vinhos fortificados, que contam com um alto teor alcoólico e um nível elevado de açúcar residual, também são uma boa opção na hora de acompanhar a tábua de vinhos.

Entram nessa categoria o Banyuls, da França, o Marsala, da Itália e o Xerez, da Espanha, além do clássico de Portugal, o vinho do Porto.

Se optar por um vinho do Porto, de preferência ao Porto Tawny, que conta com grande concentração aromática, advinda do estágio em barris de carvalho.

Harmonizando a Tábua de Frios com Vinho Branco

Agora, se você prefere rótulos mais frescos, aposte em vinhos brancos encorpados, como os elaborados com a Chardonnay, considerada a rainha das uvas brancas!


E você, gostou dessas dicas de como montar uma tábua de frios perfeita?