Don Melchor é um verdadeiro ícone do Chile e não poderia ser menos, já que leva a assinatura da Viña Concha y Toro, uma das mais importantes vinícolas do país! Enrique Tirado, Enólogo do Don Melchor, concedeu uma entrevista exclusiva para a DiVinho, falando da história do projeto, do terroir de Puente Alto e dos segredos por trás da elaboração deste grande vinho, confira! 

Enrique Tirado

Você trabalha na Viña Concha y Toro desde 1995. Como foi sua trajetória na vinícola?

O vinho me atrai desde que eu era criança. Sempre bebíamos em casa. Sou de uma família numerosa, meu irmão gêmeo e eu somos os mais jovens de dez irmãos. Ambos nos tornamos enólogos, embora ninguém mais na família trabalhe na indústria do vinho.

Sempre fui fascinado pelo vinho: suas cores, aromas, sabores e texturas. Foi assim que decidi que era o que eu queria fazer da minha vida. E são tantas as dimensões: como e onde crescem as uvas, os solos, o clima, a vinificação, sempre há algo mais para descobrir.

Estudei Engenharia Agrônoma com especialização em Enologia pela Universidade Católica do Chile e, desde 1995, faço parte da Viña Concha y Toro. Em 1997 fiquei a cargo do Don Melchor, o primeiro vinho ícone chileno, e, desde 2019, sou o Gerente Geral da Viña Don Melchor.

Durante todo esse tempo, dediquei-me ao estudo aprofundado do solo, clima, gestão agrícola e implementação de novas tecnologias na vinificação. O que me levou a entender e compreender plenamente o vinhedo em Puente Alto e, assim, alcançar a melhor expressão da variedade Cabernet Sauvignon neste terroir. 

Em 2002, elaborei o primeiro estudo de solos e terroir desenvolvido no Chile, em parceria com o Instituto Agronômico Nacional Paris-Grignon (INA P-G), uma das entidades acadêmicas de mais prestígio na França.

Obviamente, sinto um grande orgulho de fazer parte da história do Don Melchor. a produção de 22 safras proporciona um entendimento diferente do vinho, sentindo, realmente, como se fosse uma parte sua. Por outro lado, sei que temos uma grande responsabilidade em elaborar um grande vinho a cada ano.

O Don Melchor surgiu de um sonho da Viña Concha y Toro de produzir um grande vinho chileno. Conte-nos um pouco dessa história. 

Don Melchor representa um grande orgulho para a Concha y Toro. Nos anos 1980, Eduardo Guilisasti Tagle, então presidente da Concha y Toro, sonhava produzir um vinho chileno de classe mundial. Don Melchor resulta deste sonho.

Em 1986, Rafael Guilisasti Gana, filho de Eduardo, viajou para a França acompanhado de Goetz Von Gersdorff, Enólogo-chefe e Diretor Técnico dos vinhos da Concha y Toro na época. O objetivo era mostrar o Cabernet Sauvignon do vinhedo Puente Alto a Emile Peynaud, famoso enólogo de Bordeaux e considerado como o pai da enologia moderna.

Peynaud surpreendeu-se de imediato pela extraordinária qualidade deste vinhedo,  confirmando o potencial indiscutível do terroir de Puente Alto para o desenvolvimento de um vinho sem precedentes no Chile.

Por problemas de saúde Peynaud teve que se afastar do projeto, mas apontou Jacques Boissenot como substituto, um consultor dos mais prestigiados Châteaux franceses, com grande experiência nos vinhos do Médoc.

Jacques Boissenot esteve envolvido no processo do blend final do vinho desde a primeira colheita, em 1987, até 2013. Hoje é o seu filho, Eric Boissenot, que dá continuidade ao seu legado e com quem trabalhamos em conjunto no processo de determinação do corte final do Don Melchor. 

Jacques Boissenot foi consultor do Don Melchor por muitos anos e, hoje, você trabalha com seu filho, Eric Boissenot. 

Don Melchor é um assemblage de diferentes parcelas de Cabernet Sauvignon, oriundas do nosso vinhedo em Puente Alto, podendo, também, incluir uma pequena porcentagem de Cabernet Franc, Merlot e Petit Verdot.

O vinhedo está dividido em parcelas que produzem uvas com diferentes características, por conta disso, vinificamos todas separadamente. Todos os anos eu levo mais de 150 amostras para Lamarque, uma pequena cidade na região do Médoc, na França, para degustá-las com Eric Boissenot e definir o blend final.

Seu pai, Jacques, desempenhou um papel fundamental na elaboração da primeira safra do Don Melchor, e, desde então, trabalhamos com ele, e, mais tarde, com seu filho, em todas as safras. 

O corte do Vinho Don Melchor muda de safra para safra, tendo, sempre, a uva Cabernet Sauvignon como estrela. Como é definido o restante do blend? 

Apesar de utilizarmos a Cabernet Sauvignon quase que exclusivamente, as parcelas contam com pequenas diferenças, e é esta diversidade que, em última análise, nos permite criar um vinho de grande complexidade. Se não tivéssemos essas diferentes nuances entre as parcelas, produziriamos um vinho vertical, muito simples.

Quando nos reunimos com Eric, temos uma ideia de qual pode ser o blend final, mas uma vez que testamos todas as parcelas, vamos realmente realizando a composição. 

Às vezes, pensamos que vamos utilizar mais de uma parcela do que da outra, mas ao buscar aquele vinho complexo, cheio e expressivo, percebemos que não é necessariamente assim, como havíamos imaginado. É o vinho que realmente fala. 

O mesmo acontece com Cabernet Franc, Petit Verdot e Merlot. Cada variedade cumpre um papel muito específico na determinação do blend final e na expressão da complexidade encontrada no Don Melchor.

Vinho Don Melchor

Qual o segredo por trás da excepcional qualidade do Vinho Don Melchor?

A excelente qualidade do vinho Don Melchor vem do terroir de Puente Alto, localizado no Vale do Alto Maipo, a 650 metros acima do nível do mar. O vinhedo é composto por 127 hectares, dos quais 90% correspondem a Cabernet Sauvignon, 7,1% a Cabernet Franc, 1,9% a Merlot e 1% a Petit Verdot.

O manejo dessas parcelas é realizado fileira a fileira, observando qual a necessidade de cada planta, para atingir o equilíbrio perfeito de acordo com as características climáticas de cada ano.

Esta combinação, no blend final, das diferentes parcelas de Cabernet Sauvignon, onde cada uma contribui com notas ou expressões diferentes, permite-nos produzir um vinho que mantém uma personalidade única e irrepetível em todas as safras. 

O Vinhedo Don Melchor é um dos mais célebres do Chile. 

O Vinhedo Don Melchor está localizado no terceiro terraço aluvial, que corresponde à parcela mais antiga e complexa do rio Maipo. Caracterizada por um solo pedregoso e profundo, que conta com uma grande quantidade de minerais, argila, brita, limo e pedras arredondadas, devido aos  milhares de anos de erosão na região.

Estes solos aluviais e de origem vulcânica, oferecem uma boa drenagem e baixa fertilidade, o que ajuda a restringir o crescimento vegetativo das plantas, formando um terraço de carácter único, que permite elaborar vinhos particulares e complexos, como o Don Melchor.

Além disso, a influência fria da Cordilheira dos Andes é muito importante, se manifestando na forma de brisas frescas e uma ampla oscilação térmica durante o período de maturação. Esta característica favorece a maturação dos taninos e ajuda a obter uma acidez equilibrada, revelando frutas vermelhas frescas e uma maior concentração de cor e aromas nos cachos.

Todas estas características combinam-se perfeitamente para obter a qualidade expressa no vinho Don Melchor.

Vinhedo Don Melchor

A safra de 2017 marcou o aniversário de trinta anos do Don Melchor, um verdadeiro marco! 

O lançamento da safra 2017 foi um marco importante na história do Don Melchor. Em 2019, nasceu a Viña Don Melchor, cuja razão de ser é evidenciar a identidade e o sentido de origem do vinho Don Melchor.

Com isto, queremos enfatizar nossa visão de produzir um único vinho, mostrando a expressão única e característica do terroir de Puente Alto e homenagear esta origem fantástica, capaz de entregar um vinho com uma personalidade reconhecível e inimitável. 

Já a safra de 2018 do Don Melchor conquistou a pontuação perfeita do crítico James Suckling, incríveis 100 pontos! Como foi ganhar esse reconhecimento?

A perseverança na procura da melhor expressão e qualidade, permitiu-nos obter na colheita de 2018 o que chamamos de safra perfeita.

Os vinhos de corte são muito expressivos, com a maturação precisa, resgatando toda a expressão das uvas Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc. São vinhos concentrados, mas com taninos muito suaves e elegantes, que mostram diferentes camadas de aromas e sabores que, quando reunidos no blend final do Don Melchor 2018, conseguem produzir aquela emoção única, que só é percebida nos grandes vinhos em suas grandes colheitas. 

Sem dúvidas, é uma grande honra e um reconhecimento pela nossa perseverança, paixão e compromisso com este terroir.

Existe uma nova geração de jovens que estão descobrindo os prazeres dos vinhos, como é atender esse público?

Don Melchor é um vinho clássico, que também consegue ser compreendido e valorizado pelas gerações mais jovens. Na Ásia, por exemplo, nosso público é mais jovem em relação a outros mercados, já que conseguimos encantar e entusiasmar com a excepcional qualidade do Don Melchor.

Graças ao seu carácter único, grande elegância e densidade, Don Melchor revela-se um vinho atemporal, que encanta todas as gerações. 


Você encontra o Vinho Don Melchor na DiVinho! Surpreenda-se com nossa variedade e adquira os melhores rótulos pelo melhor preço!

Chile
JS
99
Chile
DeR$ 850,00Por
R$ 765,00
Comprar