Entrevista com Andrés Vignoni da Viña Cobos

Imagem post

Viña Cobos é uma das mais renomadas vinícolas argentinas. Andrés Vignoni, Enólogo da Viña Cobos, concedeu uma entrevista exclusiva para a DiVinho, falando do trabalho de Paull Hobbs na vinícola, do terroir único de Mendoza e de seus grandes rótulos, como Cobos Malbec e Cobos Volturno, confira: 

Andrés Vignoni
Andrés Vignoni

Viña Cobos surgiu de um um sonho do enólogo Paul Hobbs de produzir grandes vinhos na Argentina. Como é o trabalho de Hobbs na vinícola?

O trabalho de Paul Hobbs na Viña Cobos foi mudando ao longo do tempo. No início, além de ser o fundador, ele também trabalhou como enólogo chefe. 

Hoje, e já por alguns anos, está trabalhando mais como um mentor e eu estou à frente da enologia.  

Paul Hobbs
Paul Hobbs

Os vinhedos da Viña Cobos estão localizados em Mendoza, uma das mais importantes regiões vitivinícolas da Argentina. Quais os diferenciais deste célebre terroir?

Mendoza é uma zona muito ampla, que podemos comparar, por exemplo, à Bordeaux ou ao Napa Valley em relação à sua extensão, pois temos muitas sub-regiões. 

Viña Cobos trabalha atualmente nas sub-regiões de Luján de Cuyo e do Vale do Uco, onde  encontramos características bastante distintas. 

Luján de Cuyo conta com solos mais profundos, alguma presença de argila e poucas pedras. Já no Vale do Uco os solos são franco-arenosos, pobres em matéria orgânica, com muitas pedras e vinhedos de maior altitude.  

Mendoza é, hoje, a principal região do mundo para o cultivo de Malbec. Também trabalhamos com outras variedades que adaptaram-se muito bem a esse terroir de altas altitudes e grande exposição solar, que oferece uma grande flexibilidade para a produção de vinhos tintos varietais. 

Vinhedos
Vinhedos

Desde sua primeira safra, em 1999, Cobos Malbec é considerado um dos melhores vinhos argentinos. Qual o seu segredo?

O segredo do Cobos Malbec está na transparência e na fidelidade ao terroir. Desde 1999, somos pioneiros na elaboração de vinhos de parcela e são, sempre, rótulos com muita identidade, que vem do terroir.

Nossas marcas registradas são a concentração e a elegância. Nesses vinte anos nos mantemos fiéis a esse estilo. Claro, que acompanhamos as tendências, mas o consumidor sempre pode contar com a mesma consistência e qualidade.

Cobos Malbec
Cobos Malbec

Cobos Volturno é um rótulo que goza de grande reconhecimento da crítica especializada, conquistando ótimas pontuações de críticos como James Suckling. Como é sua produção? 

Cobos Volturno é um blend baseado em Cabernet Sauvignon com um pouco de Malbec. Nós somos especialistas na uva Malbec, mas também dedicamos bastante atenção à Cabernet Sauvignon.

Isso, por dois motivos. Primeiro, Paul é um especialista no Cabernet Sauvignon californiano e, segundo, acreditamos que Mendoza oferece um ótimo terroir para essa variedade. Temos solos franco-arenosos com muitas pedras e que oferecem boa irrigação, que é essencial para a Cabernet Sauvignon. 

Contamos, também, com muitos dias de sol, que permitem o amadurecimento ideal. Além disso, temos a permissão de irrigar o solo, quando é necessário e não somente contar com as chuvas. 

Dessa maneira, podemos contar com uma boa presença tânica, um perfil aromático de frutas maduras, tudo isso conservando o frescor da Cabernet Sauvignon. 

Assim, Cobos Volturno nasceu da expressão mendocina de Cabernet Sauvignon com Malbec. Sendo sempre mais de 85% Cabernet Sauvignon. Na safra de 2017, em particular, incorporamos uma pequena porcentagem de Cabernet Franc também.  

Com esse vinho, buscamos romper a hegemonia de Malbec, provando que a Argentina apresenta um grande potencial para Cabernet Sauvignon. 

Viña Cobos
Viña Cobos

A gama Bramare busca expressar as características únicas de Luján de Cuyo e do Vale do Uco. Fale um pouco dessa linha.

A linha Bramare Appellation representa o primeiro passo para entender a grandiosidade do terroir de Mendoza. Em cada uma das sub-regiões, em Bramare Vale do Uco e Bramare Luján de Cuyo, buscamos quatro ou cinco vinhedos representativos de cada uma das zonas. 

São vinhos que respeitam um protocolo similar, com o mesmo tempo na barrica e na garrafa, todo o processo de vinificação é igual, a única diferença é a fonte das uvas. 

Por isso, digo que é o primeiro passo para entender que nem todos os Malbecs e Cabernets de Mendoza são iguais.

Bramare
Bramare

Cocodrilo é um assemblage ao estilo de Bordeaux. Como é sua produção?

Como mencionando, Cocodrilo é um blend ao estilo bordalês, onde buscamos trabalhar as principais cepas de Bordeaux, que são Malbec, Merlot, Cabernet Franc e Petit Verdot. Em alguns anos incluímos um pouco de Syrah.

Nosso objetivo é produzir um vinho equilibrado, com a estrutura da Cabernet Sauvignon, a doçura da Malbec, a sutileza da Merlot e toda a energia da Cabernet Franc. Ano a ano, essas características se complementam, como em um bom blend de Bordeaux.

O blend do Cocodrilo muda um pouco todos os anos e isso é uma coisa que gostamos muito de fazer, buscando sempre o equilíbrio e alcançar o potencial máximo dessas variedades a cada ano. 

Sala das Barricas
Sala das Barricas

A linha Felino apresenta ótimo-custo benefício. Fale um pouco desses vinhos. 

Felino, sem dúvidas, é a linha com melhor custo-benefício da Viña Cobos. É elaborada com uvas de altíssima qualidade, oriundas das principais regiões vitivinícolas da Argentina, como Altamira, La Consulta, Los Arboles, Gualtallary e Agrelo.

Em cada uma das parcelas utilizadas na produção da linha Felino buscamos pureza e energia, em uma expressão mais jovem do vinho argentino, mas sem deixar de lado a elegância. São vinho frescos, com boa concentração e ótima acidez, estagiando brevemente em madeira.

Acima de tudo, os vinhos da linha Felino são fáceis de beber. Rótulos que você pode apreciar em qualquer ocasião, não somente acompanhando a comida, mas em qualquer momento do dia.  

Felino
Felino

Existe uma nova geração de jovens que estão descobrindo os prazeres dos vinhos, como é atender esse público?

Para atingir o público jovem, acredito que é importante falar em primeira pessoa. Eu tenho trinta e dois anos e sei bem o que nós jovens estão buscando no mundo do vinho. 

Buscamos vinhos que acompanhem bem a comida, que sejam frescos e elegantes, com energia e boa concentração. 

Existem vinhos em todas as faixas de preço, que podem atender os públicos. A Viña Cobos está preparada com a linha Felino, pensada para jovens profissionais que buscam vinhos de alta qualidade.  

Cada uma de nossas linhas vai acompanhar a vida dos jovens. Podendo começar na linha Felino ou Bramare, até chegar ao suprassumo, que são Cobos Malbec e Cobos Volturno. 

Vinhas de Malbec
Vinhas de Malbec

Quais rótulos da Viña Cobos você recomenda para quem está conhecendo a vinícola?

Recomendo para aqueles que estão conhecendo a Viña Cobos a linha Felino, principalmente Felino Chardonnay e Felino Malbec. São vinhos frescos e fáceis de beber, oferecendo muito pureza e alta qualidade.  

Falando de um cada uma das linhas, gosto muito do Bramare Appellation Luján de Cuyo Malbec, que é um Malbec de altíssima qualidade e que oferece um ótimo potencial de guarda. 

Na linha Bramare Vineyard Designate temos o Bramare Chardonnay Los Arbolitos, que é fermentado em barrica. Um vinho branco espetacular, principalmente para acompanhar peixes e frutos do mar.  

Nas gamas mais altas dos tintos, temos Bramare Cabernet Franc Chañares, que é um Cabernet Franc único e muito especial. Gosto muito também do Bramare Malbec Zingaretti, oriundo de vinhas velhas no Vale do Uco, muito sutil e elegante. Um vinho realmente imperdível. 

Finalmente, não posso deixar de recomendar Cobos Malbec e Cobos Volturno, que são dois ícones entre os vinhos argentinos e sul-americanos. Vinhos que alcançam altíssimas pontuações todos os anos e que, acima de tudo, vão mudar sua vida. 

 

Você encontra os melhores vinhos da Viña Cobos na DiVinho! Surpreenda-se com nossa variedade e adquira os melhores rótulos pelo melhor preço!

0 comentários
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *