main product photo

Vinho Château Duhart-Milon Grand Cru Classé 2007


Sobre o Vinho

O Vinho Château Duhart-Milon Grand Cru Classé 2007 é assinado pelos Domaines de Barons de Rothschild (Lafite), um dos maiores nomes do vinho no mundo, que também são donos do lendário Château Lafite! Produzido com um corte das uvas Cabernet Sauvignon e Merlot, oriundas de vinhedos localizados na região vitivinícola de Bordeaux, na França. De coloração rubi intensa, revela, no nariz, aromas frutados, notas florais e nuances de especiarias. Em boca, o Vinho Château Duhart-Milon Grand Cru Classé 2007 é estruturado, contando com taninos maduros e um final longo e persistente. Esse é um rótulo que goza de um ótimo potencial de guarda, aumentando em complexidade com o passar dos anos na garrafa!


R$1.359,89
Em até 3x de R$453,30 s/ juros
Consultar Valor do Frete

Vinificação

O Vinho Château Duhart-Milon Grand Cru Classé 2007 é produzido com um corte das uvas Cabernet Sauvignon (73%) e Merlot (27%), oriundas de vinhedos localizados na região vitivinícola de Bordeaux, na França. O vinho envelhece em barris de carvalho francês, sendo 50% novos, durante um período de quatorze meses.

Sobre a vinícola

Domaines de Barons de Rothschild (Lafite) apresenta uma rica história no mundo dos vinhos. A primeira menção ao nome Lafite remonta ao ano de 1234, por Gombaud de Lafite, abade do Monastério de Vertheuil, a norte de Pauillac. No século XVII a família Ségur organiza os vinhedos e a vinícola começa a cultivar sua grande reputação. A partir do século XVIII os vinhos encontram seu mercado em Londres. Em 1761 o marquês Nicolas Alexandre de Ségur melhora as técnicas de produção e ganha o aval de Luís XV e da corte de Versalhes. Baron James de Rothschild adquire o Château Lafite em oito de agosto 1868, mas falece apenas três meses depois da compra, deixando a propriedade para seus filhos Alphonse, Gustave e Edmond. A vinícola não passou imune pela grande praga de filoxera, sendo também afeta por focos de míldio. Durante a Segunda Guerra Mundial e a ocupação alemã de Médoc, a família Rothschild tem suas propriedades confiscadas, recuperando controle apenas em 1945. Segue-se então um período de reconstrução nas mãos do Baron Elie de Rothschild, produzindo um série de vintages excepcionais em 1945, 1947 e 1949. Hoje, Domaines de Barons de Rothschild (Lafite) continua sua longa história de produção de rótulos extraordinários, com muitos vintages conquistando preços impressionantes em leilões ao redor do mundo.

whatsapp-chat
Converse conosco
Atendimento de seg à sexta das 10h às 18h30. Sábados das 10h às 16h.