Vinho Angelica Zapata Malbec 2015

Vinho Angelica Zapata Malbec 2015

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars Loading...

O Vinho Angelica Zapata Malbec é um excepcional Malbec Argentino produzido pela Bodega Catena Zapata, do famoso Nicolás Catena Zapata, um dos mais renomados produtores do Novo Mundo! De coloração púrpura, revela um bouquet aromático complexo e intenso, onde destacam-se aromas de frutas vermelhas e negras maduras, como ameixa e groselha, notas de especiarias, como pimenta-preta e cravo-da-índia, além de um marcado toque floral de violeta e lavanda. Um Vinho Argentino concentrado e elegante. Em boca apresenta taninos refinados e um final longo e persistente. Um rótulo que apresentando um bom potencial de guarda, aumentando em complexidade com o passar dos anos.

Pontuação: 95 pontos James Suckling
País: ARGENTINA Argentina
Região: Mendoza
Produtor: Catena Zapata
Uva: Malbec
Tipo: Tinto
Teor alcoolico: 13,5%
Tamanho da garrafa: 750ml
Temperatura de serviço: 16 a 19ºC


Em até 3x de R$141,67 s/ juros

Mendoza
Mendoza

Vinificação

Produzido 100% com a uva Malbec, oriunda dos vinhedos Adrianna, Angélica e La Pirámide, entre altitudes de 950 metros a 1450 metros, nas regiões vitivinícolas de Tupungato, Maipú e Luján de Cuyo, em Mendoza, na Argentina. A fermentação é realizada com leveduras selecionadas, sob temperatura controlada de 29ºC, durante um período de dez dias. Segue-se um período de maceração de trinta dias. O vinho estagia em barris de carvalho francês, sendo 50% novos, por um período de dezoito meses.

Harmonização

Carnes grelhadas e de caça. Também é ótimo com queijos.

Sobre a vinícola

Catena Zapata é, indiscutivelmente, o melhor e mais reverenciado produtor da Argentina, na opinião de toda a imprensa especializada internacional, de quem recebe, frequentemente, as melhores notas e prêmios. Para a Wine Spectator, trata-se do líder de qualidade na Argentina e, para Robert Parker, Catena representa o máximo em vinhos da América do Sul. A vinícola pertence à família Catena, que tem origem italiana e se estabeleceu em Mendoza no final do século XIX. O fundador, Nicolas Catena, plantou sua primeira vinha de Malbec em 1902, mas foi seu neto, que tem o mesmo nome, quem revelou para o mundo o potencial do país para a produção de vinhos de alta gama. Nos anos 1990, Nicolas Catena investiu na identificação das melhores zonas de Mendoza para a produção de Malbec, Cabernet Sauvignon e Chardonnay, além de selecionar os melhores clones dessas cepas. Com uma matéria-prima impecável, passou a elaborar vinhos que lançaram a Argentina num novo patamar de qualidade. Atualmente, seus vinhos tintos e vinhos brancos figuram entre os melhores vinhos do mundo.