main product photo

Vinho Pingus 2013

RP
96

Sobre o Vinho
O Vinho Pingus é um dos melhores, e mais caros, vinhos do mundo! Lançado em 1995, foi o primeiro rótulo da Denominação de Origem (D.O.) de Ribeira del Duero a conquistar a pontuação perfeita do crítico Robert Parker. Produzido pelo Dominio de Pingus, do enólogo dinamarquês Peter Sisseck, com a uva Tinta del País, nome pelo qual a Tempranillo é conhecida na região, oriunda de vinhas velhas, plantadas em 1929. De coloração granada intensa, revela, no nariz, aromas de frutas vermelhas maduras, como de cereja e framboesa, notas florais, como de violeta e lilás, nuances de especiarias e toques minerais. Um Vinho Tinto de grande estrutura e concentração. Em boca, apresenta taninos refinados, ótima acidez e um final longo e persistente. O Pingus 2013 conta com um excelente potencial de guarda, podendo envelhecer por décadas, aproveite, pois foram produzidas apenas 6.900 garrafas deste grande vinho!

R$13.674,65
Em até 3x de R$4.558,22 s/ juros
Consultar Valor do Frete

Vinificação

O Pingus 2013 é produzido 100% com a uva Tinta del País (Tempranillo), oriunda de vinhas velhas, plantadas em 1929, dentro da Denominação de Origem (D.O.) de Ribeira del Duero, na Espanha. As fermentações alcoólica e malolática ocorrem em barris de carvalho francês. O vinho matura em barris de carvalho francês durante um período de vinte a vinte dois meses.

Sobre a vinícola

Localizada na região de Ribera del Duero, na Espanha, Dominio de Pingus engarrafa vinhos em quantidades minúsculas, o que os torna raros e exclusivos, verdadeiros objetos de desejo. A propriedade é formada por pequenas vinhas velhas, espalhadas por diversos locais da região. Seu vinho mais importante, o Pingus, é elaborado com uvas de parreiras plantadas no ano de 1929, em solo predominantemente de cascalho e areia, com subsolos de argila, calcário e rendimentos baixíssimos. Os exemplares são fermentados em cubas e, em seguida, envelhecidos em barricas de carvalho, por 20 a 22 meses em média. Sua produção não passa de 6 mil garrafas por ano e a safra 2012, por exemplo, recebeu pontuação máxima de 100 pontos de Robert Parker e também de James Suckling. No comando da bodega está Peter Sisseck, renomado enólogo e agrônomo dinamarquês, nascido em 1962. A prestigiada vinícola era um sonho, o qual conseguiu concretizar com muito sucesso em 1995.

whatsapp-chat
Converse conosco
Atendimento de seg à sexta das 10h às 18h30. Sábados das 10h às 16h.