main product photo

Vinho Arboleda Cabernet Sauvignon 2016

JS
92
RP
90

Sobre o Vinho
O Vinho Arboleda Cabernet Sauvignon é elaborado por um dos maiores nomes da viticultura do Chile, Eduardo Chadwick, herdeiro da Viña Errázuriz e criador do icônico Vinho Seña! Produzido majoritariamente com a uva Cabernet Sauvignon, com toques de Cabernet Franc e Syrah, oriundas de vinhedos no Vale do Aconcágua. De coloração rubi intensa com reflexos violáceos, no nariz revela aromas de frutas vermelhas e negras maduras, como cereja, framboesa, amora e groselha, notas herbáceas, além de nuances de cacau e tabaco, advindas do estágio em carvalho. Um Vinho Tinto encorpado e elegante. Em boca apresenta ótima acidez, taninos refinados e grande persistência. Esse é um Vinho Chileno que safra após safra, conquista ótimas pontuação da imprensa especializada, como do crítico James Suckling!
Em estoque
De R$238,00 Por
R$183,00
Em até 3x de R$61,00 s/ juros
Consultar Valor do Frete
    Produzido com um corte das uvas Cabernet Sauvignon (91%), Cabernet Franc (5%) e Syrah (4%), oriundas de vinhedos na região vitivinícola do Vale do Aconcágua, no Chile. A fermentação é realizada em tanques de aço inox, sob temperatura controlada. O vinho estagia em barricas de carvalho francês, sendo 25% novas, por um período de doze meses.
    Acompanha bem carne de porco, carnes de caça, carnes vermelhas grelhadas, massas, tábuas de frios e queijos maduros.
    A Arboleda é o projeto pessoal do brilhante Eduardo Chadwick, que figura como uma das principais personalidades do vinho chileno. Eduardo representa a quinta geração da família fundadora da Viña Errázuriz e também está à frente do icônico projeto Seña. Ele inaugurou a Arboleda em 1999 com o objetivo de originar tintos e brancos de vinhedo único, capazes de traduzir a expressão singular do seu território, mas por meio de um estilo moderno. Seu portfólio consiste em vinhos varietais puros, concebidos sob mínima intervenção e um cuidado minucioso em cada etapa de produção. O nome Arboleda espelha essa mentalidade, pois é um tributo à floresta local de 1.450 hectares que emoldura os vinhedos localizados no Vale de Aconcagua. A enologia está a cargo do premiado enólogo chileno Francisco Baettig, que já trabalhou em vinícolas nos Estados Unidos e França, e é reconhecido por privilegiar elegância, equilíbrio e pureza da fruta na elaboração dos vinhos.