Cabernet Sauvignon

Cabernet Sauvignon

Apresentação

Cabernet Sauvignon é, sem dúvida, a mais famosa uva tinta do mundo! Versátil, ela se adapta em praticamente todas as regiões vitivinícolas da face da terra – dizem que até no deserto! Pode ser encontrada, especialmente, nos vinhedos da França, Chile, Estados Unidos, Austrália, Itália, África do Sul e Argentina. É, portanto, a uva tinta predileta de muitos produtores e enólogos. Mas seus atributos não param aí. A Cabernet Sauvignon confere um caráter muito próprio ao vinho, resultando em vinhos tintos carnudos, concentrados, com boa estrutura de taninos, ótima acidez e cheios de aromas. Os melhores exemplares envelhecem por décadas na garrafa, atingindo seu esplendor. A Cabernet Sauvignon é a uva principal de muitos vinhos topo de gama, como os cobiçados crus classés do Médoc e Gravesem Bordeaux, o chileno Almaviva, os supertoscanos e os grandes tintos da Califórnia e da Austrália. Por outro lado, essa uva também é capaz de originar tintos de preços modestos, que não passam em carvalho e são fáceis de agradar. Por isso, os tintos de Cabernet Sauvignon costumam ser a porta de entrada de quem debuta no mundo do vinho.

 

ORIGEM DA UVA CABERNET SAUVIGNON

A Cabernet Sauvignon é resultado do cruzamento natural de duas outras variedades: a uva tinta Cabernet Franc e a uva branca Sauvignon Blanc. Conta-se que a Cabernet Sauvignon teria surgido na primeira metade do século XVIII, sendo Bordeaux sua terra natal.

 

OS AROMAS DA CABERNET SAUVIGNON

Os aromas mais típicos da Cabernet Sauvignon – que denunciam a sua presença num vinho –  são o de pimentão verde e os toques herbáceos. Eles são evidentes, principalmente, quando a uva foi colhida precocemente, sem ter completado sua maturação, e são resultado de compostos conhecidos como pirazinas, presentes na Cabernet Sauvignon. Vale lembrar que esta é uma variedade de maturação de média a tardia e que, por isso, em regiões de clima frio, esse tipo de aroma é encontrado facilmente nos vinhos de Cabernet Sauvignon. Mas essa cepa é capaz de ir muito além no rico universo dos aromas, exibindo, por exemplo, notas de frutas vermelhas e pretas, pimenta preta, menta, cedro, alcaçuz, além de toques de violeta. Quando o vinho passa em carvalho, surgem também nuances de baunilha, café e tabaco, por exemplo.

 

HARMONIZAÇÕES CERTEIRAS COM VINHOS DE CABERNET SAUVIGNON

Os vinhos tintos de Cabernet Sauvignon são ótimos companheiros à mesa, pois costumam ter boa acidez e um textura de taninos finos. Dessa forma, pedem pratos de sabor pronunciado e também se saem muito bem na companhia de comidas com alto teor de gordura. Confira alguns exemplos:

  • Churrasco
  • Carnes vermelhas grelhadas ou assadas
  • Carnes de caça
  • Queijos maduros
  • Hambúrguer
  • Pizzas

Produtos que utilizam Cabernet Sauvignon