Bonarda

Bonarda

Apresentação

A uva Bonarda Piemontesa, que historicamente era usada para deixar os taninos da Nebbiolo mais macios e conferir mais fruta aos vinhos mais duros do Piemonte, não tem relação com a uva Bonarda encontrada na Argentina. Na verdade, a Bonarda argentina é a uva Douce Noire, originária da Saboia, na França. Por ter características semelhantes à Bonarda Piemontesa, até na França se acreditava que ela era originária do Piemonte, mas estudos de DNA mostraram que trata-se de uma variedade distinta. Hoje, a casta existe em minúsculas quantidades na França e nos Estados Unidos, mas a Argentina conta com quase 19.000 hectares plantados, onde é identificada como Bonarda. Os vinhos argentinos em geral são leves, frutados e fáceis de serem bebidos. Alguns produtores elaboram vinhos com vinhas de baixos rendimentos e uvas colhidas mais maduras. O resultado são vinhos profundos, com boa capacidade de envelhecimento. É uma interessante alternativa à casta Malbec.

Produtos que utilizam Bonarda